Posts tagged ‘ypiranga’

Salgueiro vence mais uma e América conquista o segundo ponto no Pernambucano

Por Pietro Iumatti

Salgueiro 3 x 0 Ypiranga

O Salgueiro vai confirmando que não é mais uma surpresa no Campeonato Pernambucano 2012. Jogando no Cornélio de Barros, na noite desta quarta-feira (15), pela 10ª rodada, o Carcará trucidou o Ypiranga, por 3xo e alcançou os 22 pontos, se firmando ainda mais na liderança da competição. De quebra, o time sertanejo manteve os 100% de aproveitamento atuando em casa.

Fabrício Ceará, Alemão e Pio foram os autores dos gols que deram a sétima vitória do Salgueiro no certame.

Porto 3 x 1 Serra Talhada

O Serra Talhada começou melhor o jogo contra o Porto, em Caruaru. Tanto que saiu na frente com Rogério Serra. Porém, o Gavião do Agreste passou a dominar a partida e Aírton, Joélson e Rodolfo Potiguar decretaram a vitória do tricolor. O resultou colocou o Porto na sexta colocação com 14 pontos, já o Serra permanece na vice-lanterna com 9.

Petrolina 0x0 América

O Petrolina perdeu a grande chance de abrir vantagem para o sexto colocado ao só empatar com o lanterna América, por 0x0, no estádio Paulo Coelho. O Tigre, inclusive chegou a perder um pênalti. Com isso, o time da terra do Rio São Francisco foi aos 18 pontos, enquanto o Mequinha conquistou o segundo ponto no campeonato.

Belo Jardim 1×0 Araripina

Belo Jardim e Araripina faziam um jogo de pouca produtividade ofensiva, no Mendonção. O empate chato só saiu do marcador aos 45 minutos do segundo tempo, quando Eduardo Eré marcou o gol que deu a vitória ao Calango. Agora o Belo Jardim foi aos 12 pontos, já o Bode do Araripe ficou nos 11.

15/02/2012 at 22:46 Deixe um comentário

Marcelinho Paraíba avalia como positiva a “bronca” do presidente

Por Bruno Petronilo

Um dos mais experientes do grupo do Sport o meia Marcelinho Paraíba comentou sobre a reunião da direção rubro-negra com o elenco. Apesar de não ter participado da derrota para o Ypiranga o jogador esteve na reunião onde o presidente Gustavo Dubeux deu um puxão de orelha no grupo.

“Ninguém gosta de tomar bronca. Mas a gente entende o presidente. Ele está  completamente certo, cheio de razão”, afirmou. Marcelinho lamentou o fato do time não repetir escalação por causa de lesão e suspensão. Segundo ele isso atrapalha demais o entrosamento. E disse que o mais importante é que os jogadores se empenhem para alcançar o objetivo que é chegar forte na reta final e conquistar o título estadual.

Marcelinho falou também da falta que fez ao time na partida diante do Ypiranga. E concordou que a equipe não pode depender dele para render. O meia ainda comentou sobre a diferença entre os elencos de 2011 e 2012. Ele considera o deste ano melhor do que o que perdeu o hexa e subiu de divisão. E falou por fim sobre a responsabilidade de comandar o time quando está em campo.

Confira a entrevista coletiva do meia:

09/02/2012 at 22:27 Deixe um comentário

Abatido, Magrão analisa derrota para o Ypiranga

Por Bruno Petronilo

Magrão é ídolo da torcida do Sport. É o jogador que está a mais tempo no clube dentro do elenco atual. Um dos mais experientes, além de ser o capitão da equipe. Conhecido por ser um dos mais centrados e sempre representar bem o grupo, o goleiro concedeu entrevista coletiva após a derrota para o Ypiranga com um semblante abatido.

Decepcionado ou envergonhado pelo futebol que o time apresentou Magrão buscou explicar o segundo tropeço em casa. Para o goleiro o maior pecado do Sport foi não conseguir fazer gol no começo da partida, assim como foi diante do América quando o time empatou em 0x0. Magrão falou sobre a falta que Marcelinho fez ao time e sobre a oscilação dentro da competição.

Para ele o Sport teve o controle do jogo, pressionou, mas errou muito nos passes e acabou sendo castigado no último minuto. O Capitão rubro-negro comentou sobre a dificuldade para superar a marcação adversária. E o fato do Sport perder pontos diante de equipes pequenas. Magrão falou ainda sobre a pressão da torcida e o que o Sport precisa para engrenar na competição.

Confira a entrevista coletiva completa do goleiro e capitão do Sport:

09/02/2012 at 01:57 Deixe um comentário

No último minuto o Ypiranga bate o Sport na Ilha

Por Bruno Petronilo

Em uma partida muito ruim técnicamente o Sport foi surpreendido pelo Ypiranga. Sem apresentar um futebol de qualidade e voltando a pecar muito na hora de finalizar, o time rubro-negro tomou um gol aos 47 minutos do segundo tempo e perdeu a invencibilidade em casa. A derrota por 1×0 ainda fez o Leão cair para a 4ª posição do Campeonato Pernambucano.

Apesar de dominar, o Sport não convenceu com o futebol apresentado no primeiro tempo. O Time mostrou uma dependência de Marcelinho Paraíba e criou poucas chances de gols. Além de errar muitos passes, principalmente os que levariam os atacantes a finalizar.

Nos minutos inciais o time pernambucano errou demais na hora de concluir. E permitiu que o primeiro lance de perigo maior fosse do Ypiranga. Aos nove minutos, Ludemar recebeu na entrada da área, limpou os zagueiros e chutou cruzado com perigo para fora.

O Sport só assustou aos 17 minutos quando Milton Júnior cruzou e Bruno Aguiar chutou de primeira. Mas a bola saiu fraca e Geday segurou firme. Aos 25 minutos veio a melhor chance. Renê fez uma jogada espetacular passando por três zagueiros e chutou em cima de Geday, no rebote Willians mandou para fora.

O Jogo ficou equilibrado. O Ypiranga tentou sair mais para o ataque, porém sem perigo. Mas acabou sendo do Sport as últimas chances de gol na etapa inicial. Aos 33 minutos Milton Júnior cobrou escanteio fechado e Geday espalmou para fora. E dez minutos depois Renê cobrou falta, a bola bateu em Diogo e Geday segurou firme. Garantindo o 0x0 e as vaias da torcida após o encerramento da etapa inicial.

No segundo tempo o Sport seguiu superou, mas repetiu os erros de passes. Mais uma vez poucas foram as chances de gol. A Paciência da torcida do Sport foi posta em xeque pelo má apresentação do time no setor ofensivo.

O Leão chegou com perigo aos 11 minutos em chute cruzado de Anderson paraíba que por muito pouco Milton Júnior não conseguiu chegar para empurar para as redes. Só aos 28 minutos é que o Sport voltou a assustar com uma falha da defesa que deixou a bola nos pés de Moacir. Ele chutou cruzado, a bola balançou as redes, mas por fora.

Nos minutos finais do jogo o Sport foi de forma desordenada para o ataque. Queria o gol de todo jeito. Encurralou o Ypiranga em seu campo, mas não conseguiu caprichar na finalização. Um chute rasteiro de Thiaguinho aos 45 minutos foi o trabalho que Geday teve na reta final da partida, mas ele segurou firme e tranquilo.

E quando o empate sem gols já era dado como certo veio o inesperado. O Ypiranga achou um gol. Aos 47 minutos após chutão da zaga, Danilo Lins cruzou para Adelino com o gol aberto mandar para as redes e fazer 1×0 para a Máquina de Costurara.

Debaixo de vaias e sob os gritos de “Queremos treinador!”  o time do Sport saiu de campo. Foi uma péssima partida que terminou de uma forma improvável e surpreendente. Mas que castiga a falta de futebol do Sport dentro de casa.

Ficha do Jogo

Sport: Magrão; Moacir, Tobi, Bruno Aguiar e Renê(Jackson); Diogo, Rivaldo, Marquinhos Paraná (Thiaguinho) e Milton Júnior; Jheimy e Willians (Anderson Paraíba) Técnico: Mazola Júnior

Ypiranga: Geday; Diogo, Everaldo, Neto(Danilo Lins) e Marcos Mendes; Júlio Terceiro, Otacílio, Teles(Hugo) e Robertinho; Adelino e Ludemar Técnico: Reginaldo Souza

Árbitro: Neilson Santos   Assistentes: Albert Júnior e Marcelino Castro

Gols: Adelino

Cartão Amarelo:  Moacir e Renê (Sport); Teles, Júlio Terceiro e Ludemar (Ypiranga)

Público:  16 042 torcedores Renda: R$ 84 765,00

08/02/2012 at 23:20 Deixe um comentário

Náutico mostra eficiência e bate o Ypiranga nos Aflitos

Por Bruno Petronilo

Não foi preciso mostrar um bom futebol. Em uma noite onde a eficiência prevaleceu o Náutico bateu o Ypiranga e se reabilitou no Campeonato Pernambucano. Depois de um bom primeiro tempo o Timbu não manteve o ritmo na etapa final e ainda viu o Ypiranga descontar a ampla vantagem. Aproveitando a maioria das poucas chances que teve o Náutico fez 3×1 e manteve-se na vice-liderança da competição.

O Jogo começou bem morno com o Ypiranga valorizando a posse de bola. O Náutico encontrando dificuldades para atacar. Até que aos dez minutos um lance que está virando rotina nos jogos alvirrubros mudou a história da partida. Depois de abrir o placar e uma larga vantagem o Timbu só administrou o resultado ao longo da etapa inicial.

O Primeiro lance de perigo mudou a partida. Souza cobrou uma falta e mais uma vez fez um golaço sem chances para o goleiro aos dez minutos de jogo. Não deu nem tempo para comemorar e um minuto depois já saiu o segundo gol. Eduardo Ramos se apresentou na esquerda e cruzou para Derley que chutou cruzado e fez 2×0 para delírio da torcida nos Aflitos.

Os gols mataram as esperanças do Ypiranga. O Náutico seguiu sendo responsável pelas melhores jogaodas. Aos 18 minutos Silóe chutou de longe e Geday fez uma defesa espetacular. A primeira finalização de perigo do Ypiranga foi aos 23 minutos em cobrança de falta de Bruno Paraíba que Rodrigo Carvalho segurou firme.

Tentando gostar do jogo o Ypiranga levou perigo aos 29 minutos quando Jair ficou cara a cara com Ricardo Carvalho, mas chutou na rede pelo lado de fora. Entretanto Náutico soube matar qualquer possibilidade de reação. Aos 32 minutos, Souza cobrou falta, Derley e Marlon subiram para cabecear para o fundo do gol. Todos ficaram na dúvida, mas o árbitro deu gol para Derley. Aí foi só administrar o resultado por todo restante da etapa inicial.

O Segundo tempo mal começou e o Náutico quase amplia. Primeiro em chute de Cascata que Geday fez boa defesa. Depois aos cinco minutos Souza cobrou falta de longe de forma espetacular para mais uma defesaça do goleiro do Ypiranga.

Eis que uma bobeira defensiva do Timbu custou caro. Aos 11 minutos, Eduardo Ramos perdeu a bola, a zaga lançou e Diogo ganhou no alto, dominou e na saída de Rodrigo Carvalho tocou para Ludemar que bateu forte para o fundo do gol sem chances para o goleiro alvirrubro que estava voltando para a meta.

O Náutico não conseguiu apresentar um bom futebol e foi segurando o resultado com troca de passes. E quando o Ypiranga vinha para o ataque o Timbu se defendia bem. A vontade de balançar as redes era maior do lado visitante. Mas poucos foram as chances de gol.

Para o alvirrubro foi esperar o tempo passar e administrar o resultado. Uma vitória que afasta qualquer possibilidade de crise no clube que vinha de derrota no clássico. E que dá moral para o clássico do próximo sábado (04) diante do Santa Cruz também nos Aflitos.

Ficha do Jogo

Náutico:  Rodrigo Carvalho; Lenon, Marlon, Ronaldo Alves e Douglas(Helder); Elicarlos, Souza, Derley, Eduardo Ramos(Berger) e Cascata; Siloé Técnico: Waldemar Lemos

Ypiranga: Geday, Bruno Paraíba(Ila), Everaldo, Hugo(Teles) e Marcos Mendes; Julio Terceiro, Neto(Danilo Lins), Jair e Robertinho; Diogo e Ludemar Técnico: Dado Cavalcanti

Árbitro: Gilberto Castro Júnior   Assistentes: Albert Júnior e Roberto José

Gols: Souza, Derley(2) (Náutico); Ludemar (Ypiranga)

Cartão Amarelo: Souza, Elicarlos (Náutico); Neto, Ludemar, Diogo e Robertinho (Ypiranga)

01/02/2012 at 23:08 Deixe um comentário

Náutico com problemas para encarar o Ypiranga

O Náutico não dá tempo para moleza. Pouco mais de 12 horas após a derrota no clássico os jogadores se reapresentaram ao técnico Waldemar Lemos. Os atletas que participaram da partida contra o Sport apenas correram ao redor do gramado do CT Wilson Campos. Enquanto quem não jogou realizou um trabalho de movimentação com bola, em campo reduzido.

Para o volante Souza, o time precisa treinar cada vez mais para se manter entre os primeiros colocados. “Nós só perdemos uma partida e estamos desde a primeira rodada no G-4. Temos que trabalhar ainda mais para nos mantermos nas primeiras colocações”, disse.

Waldemar terá três desfalques para a partida contra o Ypiranga. Gideão sentiu dores no joelho e será poupado para o clássico contra o Santa Cruz. Com isso Rodrigo Carvalho deve ser o titular. Os outros desfalques são os laterais João Ananias e Jefferson. O Primeiro saiu do clássico lesionado. Já o segundo foi expulso e terá que cumprir suspensão.

Só no último treino é que Waldemar dever dar pistas de quem vai entrar. Mas Lenon foi muito bem no clássico e deve ocupar a vaga de João Ananias. Enquanto que na esquerda fica a dúvida com grandes chances do garoto Guilherme ter a chance de estrear no profissional. O time encerra os preparativos para o jogo na manhã desta terça-feira(31) nos Aflitos.

30/01/2012 at 21:10 Deixe um comentário

Central goleia em clássico, Salgueiro e Ypiranga vencem

Três jogos deram sequência a 3ª rodada do Campeonato Pernambucano de 2012. O Central atropelou o Porto em Caruaru e ganhou por 4×0. Em Paulista, o Mequinha não segurou o Salgueiro que venceu por 3×0. E em Santa Cruz do Capibaribe o Ypiranga venceu o lanterna da competição, Belo Jardim, por 3×1.

Central 4×0 Porto

No Lacerdão logo com dois minutos de jogo o Central abriu o placar com Lenílson. Ainda na etapa inicial o time centralino ampliou com Pimenta aos 15 minutos. O Mesmo Pimenta marcou o terceiro gol da partida aos sete minutos do segundo tempo. E aos 13 minutos, Elton fechou a goleada por 4×0. O Porto ainda chegou a desperdiçar um pênalti.

O Central assumiu a 6ª posição com quatro pontos e agora enfrenta o Salgueiro no Cornélio de Barros. Já o Porto ficou na 8ª posição com três pontos e encara o Araripina, em Caruaru. Os dois jogos serão na quarta-feira(25) às 20hs.

América 0x3 Salgueiro

No Ademir Cunha, o Salgueiro não tomou conhecimento do América. E aplicou um 3×0. Acostumado com o gramado onde disputou a Série B de 2011, o Carcará abriu o placar aos 33 minutos do primeiro tempo com um gol contra da Deivid. Já no segundo tempo Clebson e Fábio Silva fecharam o placar aos 24 e 43 minutos.

Enquanto o Mequinha segue na vice-lanterna da competição com apenas um ponto, o Salgueiro é o 3º colocado com seis pontos ganhos. O Carcará enfrenta o Central na quarta-feira (25) às 20hs. Já o América encara o Náutico no mesmo dia às 19h30 nos Aflitos.

Ypiranga 3×1 Belo Jardim

No Otávio Limeira, o Ypiranga se reabilitou da goleada sofrida para o Serra Talhada e aplicou a terceira derrota ao Belo Jardim. O primeiro gol da máquina de costura foi marcado por Robertinho aos 40 minutos do 1º tempo. Toti empatou a partida aos 15 minutos da segunda etapa. Mas Carlinhos e Evandro decretaram a vitória aos 36 e 46 minutos.

Agora o Ypiranga ocupa o 5º lugar com seis pontos ganhos. Já o Belo Jardim segue sem pontuar e na 12ª posição. O Ypiranga encara o Santa Cruz às 21h15 de quarta-feira (25) no Arruda. Já o Belo Jardim recebe o Sport, mas o jogo ainda não tem data definida pode acontecer na quarta ou quinta-feira.

22/01/2012 at 18:53 Deixe um comentário

Posts antigos


RSS


Acompanhe o Goleada PE!

Siga o Goleada PE no Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Apoio

Blog filiado a ACDP

abril 2017
D S T Q Q S S
« mar    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30