Waldemar Lemos não encara Clássico como jogo da firmação do Náutico

27/01/2012 at 17:25 Deixe um comentário


Por Aurino Rosendo

Quatro jogos, quatro vitórias, com sete gols marcados e nenhum sofrido. Este é desempenho do Náutico que, neste domingo(29), coloca os 100% de aproveitamento à prova no Clássico dos Clássicos com o Sport, na Ilha do Retiro. Com a honra em jogo, o elenco alvirrubro se prepara para o grande desafio. Porém, o enredo da partida não é exatamente para o Timbu. Na opinião do técnico Waldemar Lemos, será um grande jogo, entretanto, encarado como mais uma partida em que o Náutico vai em busca da vitória.

Tendo pela frente um Sport que também está invicto, mas, ocupando a quarta colocação, o grupo do Náutico prega o discurso de que o favoritismo passa longe, que quem tem a obrigação de vencer é o Sport, pois o jogo é na sua casa. Enquanto isso a hora da partida vem chegando e o time dá indícios de estar pronto para batalha.

Apesar do baque que o elenco sofreu no meio de semana, contra o América, quando o atacante Rogério rompeu os ligamentos do joelho direito, após ser atingido de forma desleal por um adversário, o Náutico está pronto para o confronto. A equipe entre em campo no domingo com: Gideão, João Ananias, Marlon, Ronaldo Alves e Jefferson; Derley, Elicarlos, Souza e Eduardo Ramos; Cascata e Siloé.

Na manhã desta sexta-feira(27), o técnico Waldemar Lemos comentou sobre os momentos que antecedem o clássico. Sobre o Sport, disse que é mais um adversário, afirmando que não é a rivalidade que move o trabalho do elenco alvirrubro de vencer e sim a vontade de vencer mais um jogo. Ele deu enfase a perda do atacante Rogério que, segundo ele, desempenhava um papel ímpar no time.

Para Waldemar, o fato de Náutico e Sport chegarem invictos para o clássico não faz da partida um “divisor de águas”. Ele pregou respeito ao Sport e espera que a arbitragem trabalhe de forma correta e que seja um bom jogo. Apesar de todos os ingredientes do Clássico, o técnico destacou que o time tem de manter-se empenhado, como tem sido ao longo do Campeonato.

O treinador, que no meio da semana ficou estarrecido com a grave lesão de Rogério, dando duras declarações contra o árbitro da partida e o atleta que provocou a contusão, disse continuar chocado com o que viu na quarta-feira. Waldemar voltou a classificar como covarde a arbitragem do jogo contra o América e cobrou pulso forte por parte de quem rege a competição. Ele lamentou bastante pelo atacante, que deve ficar cerca de seis meses fora dos gramados.

Voltando a falar do Clássico, quem entra na vaga de Rogério é Siloé. Waldemar falou da opção pelo atleta, destacando que já o orientou de como cumprir o papel que ele deseja do atacante. Prevendo um grande jogo, o treinador garantiu que a equipe alvirrubra não atuará de forma acoada. Segundo ele, os laterais vão ter liberdade para atacar, auxiliando bastante os atacantes. Perguntado, o técnico disse não enxergar que a partida sera truncada pelo fato de cada um dos times jogarem com três volantes.

Anúncios

Entry filed under: Ah é Pernambuco!. Tags: , , , .

Arbitragem definida para o Clássico dos Clássicos Santa Cruz divulga programação de aniversário de 98 anos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


RSS


Acompanhe o Goleada PE!

Siga o Goleada PE no Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Apoio

Blog filiado a ACDP


%d blogueiros gostam disto: