Sport consegue, nos Aflitos, a primeira vitória no Pernambucano

23/01/2012 at 22:33 1 comentário


Por Bruno Petronilo e Pietro Iumatti

Com uma postura tática bem diferente o Sport conseguiu a sua primeira vitória no Campeonato Pernambucano. Jogando nos Aflitos como sua casa o Leão bateu o Petrolina por 2×1. E com isso pulou para a 6ª posição e encostou no G4 do estadual.

O Sport começou com uma escalação surpreendente. Mazola optou por colocar um time com três zagueiros e o meia-atacante Marquinhos na lateral. O Sport começou com mais segurança na zaga e maior poder ofensivo. Logo no primeiro minuto o Leão teve a chance abrir o placar quando Marquinhos cruzou para Jheimy que chutou em cima do zagueiro.

Não demorou muito para o time rubro-negro abrir o placar. Aos seis minutos, Marcelinho tabelou com Roberson e apareceu na frente do goleiro. O Meia driblou Jaílson e chutou, a bola ainda desviou no zagueiro antes de entrar. Com a vantagem o Sport passou a jogar mais tranquilo, seguiu superior, sem sofrer sustos.

Aos 22 minutos, Diogo cruzou para Jheimy que ajeitou para Marcelinho Paraíba chutar forte e Jaílson salvar com os pés. O Leão voltou a assustar aos 31 minutos com Marquinhos cruzando para Roberson chutar em cima de Jaílson. Dois minutos depois Rivaldo perdeu um gol incrível. Recebeu, livre, dominou, mas deixou a bola escapar para as mãos de Jaílson.

Em uma bobeira na saída de bola e na marcação fizeram o Sport ser surpreendido. Aos 34 minutos após lançamento para Julinho, Magrão saiu da área e cortou. A bola sobrou para Geovani que bateu por cobertura com o gol vazio e empatou o jogo. O Sport sentiu e demorou para reagir.

Só aos 43 minutos é que o time rubro-negro voltou a finalizar e foi fatal. Hamílton cruzou para Jheimy que tocou rasteiro na saída do goleiro e fez 2×1. O Terceiro gol quase saiu aos 45 quando Diogo cruzou para Marcelinho, mas Jaílson saiu para travar e fazer uma grande defesa. Com isso o primeiro tempo que parecia que terminaria com vaias da torcida, acabou com aplausos e festa dos rubro-negros nas arquibancadas dos Aflitos.

O Segundo tempo começou do jeito que se a primeira etapa foi encerrada. O Sport em cima, dominando e pressionando. Ao londo de toda a etapa o Leão desperdiçou inúmeras chances de gols. O Petrolina pouco criou, tentou explorar a bola parada, mas não teve muito êxito.

O Leão da Ilha chegou assustando aos oito minutos de jogo com uma triangulação entre Roberson, Jheimy e Marcelinho Paraíba. O meia entrou na área e chutou para defesa de Jaílson em dois tempos. A resposta do Petrolina foi em cobrança de falta de Julinho três minutos depois. A bola passou rente à trave.

O Sport seguiu superior e pressionando. Aos 22 minutos, Marcelinho bateu cruzado e o goleiro tirou. Na sobra Jheimy chutou para mais uma boa defesa de Jaílson. Aos 27 minutos, Willians que tinha acabado de entrar tocou para Diogo encher o pé, mas Jaílson espalmou de forma espetacular.

Apesar do domínio o Sport seguiu no risco de ser castigado em contra-ataques, mas faltou qualidade ao Petrolina. O Leão teve duas chances no 15 minutos finais. Aos 31 Thiaguinho lançou Willians que limpou o zagueiro e chutou mal para fora. E aos 40 minutos, Marcelinho cobrou falta, Jaílson espalmou e Willians na linha do gol conseguiu chutar em cima do goleiro.

O Sport conseguiu administrar o jogo até o fim. Ainda desperdiçou a armação de alguns contra-ataques. E a arbitragem acabou sendo a atenção dos minutos finais quando marcou um impedimento inexistente de Jheimy e depois expulso Thiaguinho e Geovani quando o jogador do Petrolina agrediu o lateral do Sport. Logo após as expulsões o juiz encerrou a partida e levou vaias e xingamentos da torcida rubro-negra.

Ficha do Jogo

Sport: Magrão; Thiaguinho, Tobi, Montoya e Rivaldo(Milton Júnior); Hamílton, Diogo, Marquinhos e Marcelinho Paraíba; Roberson(Willians) e Jheimy Técnico: Mazola Júnior

Petrolina: Jaílson; Gustavo, Lau, Wilton e Jefinho; Daniel, Fábio, Sinho e Julinho(Cleiton); Geovani e Anderson(Souza) Técnico: Pedro Manta

Árbitro: Gilberto Castro Júnior Assistentes: Ubirajara Ferraz e Roberto José

Gols: Marcelinho Paraíba, Jheimy (Sport); Geovani (Petrolina)

Cartão Amarelo: Magrão, Rivaldo, Tobi, Thiaguinho (Sport); Lau, Sinho, Geovani (Petrolina)

Cartão Vermelho: Thiaguinho (Sport); Geovani (Petrolina)

Público: 12.018 Renda: R$ 52.915,00

Anúncios

Entry filed under: Ah é Pernambuco!. Tags: , , .

Léo descreve a sensação de voltar a marcar com a camisa tricolor Jheimy fala sobre a primeira vitória do Sport

1 Comentário Add your own

  • 1. italo arnaldo  |  23/01/2012 às 22:46

    vitoria do meu leão!!

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


RSS


Acompanhe o Goleada PE!

Siga o Goleada PE no Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Apoio

Blog filiado a ACDP


%d blogueiros gostam disto: