Náutico vence Petrolina e mantém 100% no Pernambucano

18/01/2012 at 21:59 Deixe um comentário


Por Pietro Iumatti

Com pouca inspiração no primeiro tempo e muita competência na etapa complementar. Foi assim que o Náutico conseguiu a segunda vitória no Campeonato Pernambucano. Na noite desta quarta-feira (18), o Timbu bateu o Petrolina, nos Aflitos, por 2×0, e foi aos seis pontos assumindo a c0-liderança da competição – perde no saldo de gols para o Serra Talhada (8×4).

Sentindo o apoio do torcedor pela primeira vez no ano, o Náutico partiu com tudo para o ataque diante do Petrolina. Logo aos dois minutos, o volante Souza recebeu na entrada da área e arriscou. A bola passou perto. O Timbu continuou na pressão e por pouco, Cascata não inaugurou o placar. O meia recebeu de Rogério e mandou por cima da baliza de Jaílson.

A fera sertaneja então decidiu sair para o jogo. Aproveitando uma falha na saída de bola de Elicarlos, Giovani fugiu e arriscou para a boa defesa de Gideão, aos 8 minutos. A resposta do alvirrubro foi rápida, um minuto depois, Cascata rolou para Siloé mandar a bola na trave. Na sequência, Rogério pegou a sobra e foi derrubado, mas o árbitro Emerson Sobral não marcou nada.

No decorrer da etapa inicial, o Náutico tentou de todas as maneiras abrir o marcador, porém faltou calibrar e último passe e a pontaria. Porém, o Timbu estava tranquilo, pois o Petrolina mal assustou o time da casa. Com maior domínio no jogo, o alvirrubro quase chegou no primeiro gol, aos 45 minutos Siloé apareceu livre, mas de tanto demorar Jaílson conseguiu defender.

Mais determinado, o Náutico resolveu acertar o pé no segundo tempo. Além disso, o time alvirrubro contou com a inspiração do atacante Rogério. Aos cinco minutos, o avançado fugiu pela esquerda e só foi parado pelo zagueiro, que o puxou dentro da área. Pênalti que Souza cobrou com perfeição e abriu o placar.

O gol deu tranquilidade ao Náutico, que passou a rodar a bola e dez minutos depois, Cascata lançou Derley, que dividiu com o goleiro e conseguiu tocar para Rogério que deixou a bola escapar. O atacante ainda conseguiu chegar na bola e rolar para trás para Cascata, que chutou forte e marcou o segundo do Timbu.

Querendo tirar o prejuízo na partida, o Petrolina tentou esboçar uma reação, porém esbarrou na pouca limitação técnica da equipe e na forte marcação da defesa do Náutico. Então foi só esperar o apito final do árbitro, que decretou a segunda vitória do alvirrubro no Pernambucano.

FICHA DO JOGO

Náutico: Gideão; João Ananias, Marlon, Ronaldo Alves e Jefferson; Elicarlos, Derley, Souza (Lenon) e Cascata; Rogério (Henrique) e Siloé (Eduardo Ramos). Técnico: Waldemar Lemos.

Petrolina: Jaílson; Lau, Jeffinho, Daniel e Fábio (Thiago); Willian, Gustavo, Giovani e Anderson (Wellington); Julinho (Souza) e Sinho. Técnico:

Arbitragem: Emerson Sobral Assistentes: Erick Bandeira e Pedro Vanderlei

Local: Eládio de Barros Carvalho (Aflitos) – Recife/PE

Gols: Souza, aos 5′, e  Cascata, aos 15′ do 2ºT (NAU)

Cartão amarelo: Derley, Cascata (NAU) Sinho, Jeffinho (Petrolina)

Público: 13.452 Renda: R$ 78.015,00

Anúncios

Entry filed under: Ah é Pernambuco!. Tags: , , .

Tobi ressalta melhora do gramado Salgueiro desbanca Santa Cruz no Sertão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


RSS


Acompanhe o Goleada PE!

Siga o Goleada PE no Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Apoio

Blog filiado a ACDP


%d blogueiros gostam disto: