A emocionante volta de Henry ao Arsenal

10/01/2012 at 19:11 2 comentários


Em seu retorno, Henry deu a vitória ao Arsenal pela Copa da Inglaterra nesta segunda-feira( Foto: Site oficial do Arsenal)

Em seu retorno, Henry deu a vitória ao Arsenal na Copa da Inglaterra( Foto: Site oficial do Arsenal)

Por Aurino Rosendo

Nesta segunda-feira(9) certamente foi registrado um dos acontecimentos esportivos mais marcantes de 2012, a volta de Thierry Henry ao Arsenal. Em jogo válido pela terceira fase da Copa da inglaterra, o Arsenal enfrentou o Leeds, no estádio Ashburton Grove, casa do Gunners desde 2006. Quisera os deuses do futebol, que a partida fosse definida pela “lenda” em seu retorno. Pelos acontecimentos envolvendo Arsenal e Henry, enquanto eles estiveram afastados, não restam dúvidas de que foram feitos um para o outro. Os amantes do futebol agradecem.

Thierry Henry é de péssima lembrança aos brasileiros, pois fez parte da Seleção da França, na Copa do mundo de 1998, onde os “Bleus” nos bateram na final e levantaram à Taça Fifa pela primeira vez. Depois, no mundial de 2006, Henry foi o autor do gol que desclassificou o Brasil nas quartas de final do mundial da Alemanha. Quase na mesma proporção em que ele causou tristeza aos brasileiros, Henry fez os torcedores do Arsenal transbordarem de alegria.

O atacante francês chegou ao Arsenal pela primeira vez em dezembro de 1999, após melancólica passagem pela Juventus/ITA. Depois de iníciar a carreira de forma promissora, Henry passou maus-bocados nos seis meses em que ficou na Itália. A oportunidade concedida por Arsene Wenger, treinador do Arsenal, era a chancee única para ele recuperar o prestígio e ele aproveitou como ninguém.

Em 245 jogos pelo clube inglês, marcou 174 gols, obtendo média de 0,60 gols por jogo, se tornando o maior artilheiro da história do clube. Entre 1999 e 2007, Henry conquistou 2 títulos do Campeonato Inglês, 3 Copas da Inglaterra e 2 Supercopas da Inglaterra. O sucesso de Henry com a camisa do Arsenal parecia não ter fim.

Porém, após o Arsenal conquistar o título inglês de forma invicta, em 2003/2004, o treinador da equipe perdeu a linha, literalmente. Abriu mão das principais estrelas do time, deixando Henry com a incumbência de liderar um grupo de jogadores com pouquíssima experiência na carreira. A missão não agradou ao ídolo francês que, ao receber proposta do Barcelona/ESP, deixou o clube em que fez histórias.

No Barcelona, ficou por três temporadas, sem grande brilhantismo. Apesar de ter feito parte do elenco que conquistou a tríplice coroa pelo clube catalão, em 2009, Henry nem de longe, com a camisa do Barça, teve momentos de brilhantismo como teve nos tempos de Londres. Provavelmente, os grandes momentos com a camisa do Arsenal o estigmatizou e, por algum motivo, ele não conseguiu os repetir em Barcelona.

Dessa forma, em 2010, Henry preferiu ir aos EUA se render aos dólares da MLS e acertar com o New York Red Bulls. Na terra da bola oval, teve uma sequência maior de jogos, mas, o que trouxe de bom esta passagem por Nova Iorque foi a possibilidade de voltar à sua casa. o único problema deste retorno ao Arsenal é o tempo de duração, já que o atacante acertou com o clube inglês por apenas dois meses, período em que a liga norte americana está em recesso. Então, que sejam intensos esses 60 dias.

E o retorno foi em grande estilo, em partida da F.A. Cup. Noite de segunda-feira, o Arsenal teve como Adversário o Leeds United, clube da terceira divisão da terra da rainha. Henry iniciou o jogo no banco, entrou aos 16 minutos do segundo tempo. Demorou pouco mais de 10 minutos para que ele mostrasse ao torcedor do Arsenal que estava de volta ao seu lar. Marcou o gol da vitória, o de número 175 para os Gunners. Certamente o gol mais emocionante de sua carreira e um dos mais celebrados na curta história do novo estádio do Arsenal.

Belíssima história para ser contada, que Henry dê muitas alegrias aos torcedores do Arsenal neste breve retorno à Inglaterra. Que esse retorno se estenda por mais tempo, pois isto é a prova de que o amor se mantém vivo no futebol, apesar das cifras mercenárias que correm mundo afora . A magia do futebol permanece intacta.

Anúncios

Entry filed under: Ah é Pernambuco!. Tags: , , , , .

Weslley fala da concorrência que a meia do Santa pode ter em 2012 Porto perde e se despede da Copa São Paulo de Futebol Jr

2 Comentários Add your own

  • 1. Paulo Araújo  |  11/01/2012 às 18:06

    irmaozinho, o Leeds é um time muito tradicional na Inglaterra. E no momento, está na segunda divisão (NPower) e não na terceira.

    Responder
    • 2. bruno benicio  |  11/03/2012 às 16:09

      Henry primim e o cara a doro o futebol desse cara daria tudo pelo uma camisa desse cara adoro o estilo de thierry henry meu maior sonho e ter uma camisa de thierry henry eu moro aqui em pernanbuco meu nome e bruno benicio de torres aqui e muito di ficio ter acamisa dele daria tudo prater uma camissa do meu maior idulo q e henry a doro o futebol desse cara primim ele e o cara moro em pernanbuco cidade caruaru rua lagoa encantada bairro kennyd valeu thierry henry e show

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


RSS


Acompanhe o Goleada PE!

Siga o Goleada PE no Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Apoio

Blog filiado a ACDP


%d blogueiros gostam disto: