Santa Cruz reage e arranca empate diante do Treze

09/10/2011 at 18:42 Deixe um comentário


Como um time de guerreiros. Foi assim que o Santa Cruz atuou neste domingo em Campina Grande. A equipe coral mostrou reação e mesmo estando por duas vezes na desvantagem por dois gols de diferença, conseguiu empatar. Um empate heróico em 3×3 com o Treze. E o acesso para a Série C ficou ainda mais perto.

O Santa agora joga por um empate de 0x0, 1×1 ou 2×2 e por qualquer vitória. Se quiser subir, o Treze terá que vencer o empatar a partir de 4×4. Um novo e imprevisível 3×3, leva a decisão para os pênaltis.

O Jogo começou com uma pressão forte do Treze. O time paraibano fez valer a força do mando de campo. E se aproveitou de bobeiras da defesa do Santa Cruz para construir uma boa vantagem.

Aos sete minutos, Everton Sena vacilou, Cléo roubou a bola e na saída de Tiago Carodoso tocou para Doda fazer 1×0. Outra falha defensiva do Santa e por pouco o Treze não ampliou aos 12 minutos. Warley cruzou e Celico tocou para o gol, mas Memo salvou em cima da linha.

A terceira falha da defesa tricolor foi fatal. Aos 21 minutos, após cruzamento na área, Cenedesi subiu e de cabeça fez 2×0. O Santa até tentava responder principalmente com bolas armadas por Natan e Wesley, mas não tinha forças para concluir. A primeira chance tricolor veio aos 33 minutos. Wesley cobrou falta, o goleiro deu rebote e Thiago Cunha chutou para uma defessa espetacular de Lopes.

Nos minutos finais o Treze valorizou bastante o resultado e tentou explorar as falhas do Santa. Mas o tricolor se segurou bem, deixou o jogo equilibrado, porém manteve o placar ruim. Na saída para o intervalo os jogadores tricolores lamentavam as falhas, mas já mostravam que vinha diferente.

Zé Teodoro mexeu no time para segunda etapa. Tirou Everton Sena e Ludemar para colocar Eduardo Arroz e Fernando Gaúcho. Organizou o Santa dentro de campo e mudou a história do jogo. O Santa voltou bem melhor, pressionando nos minutos iniciais. E a pressão surtiu efeito aos sete minutos quando Thiago Cunha bateu cruzado e o goleiro Lopes aceitou. Um frangaço. Um gol para animar o Santa.

Mesmo com o Santa Cruz melhor em campo, o Treze não se desesperou e foi em busca da ampliação do placar. E conseguiu aos 12 minutos. Cléo cruzou para Tigrão estufar as redes do tricolor pernambucano. O Gol do Treze deu uma esfriada na torcida, mas não no time do Santa. A equipe seguiu lutando em busca da reação.

Até que aos 17 minutos, Thiago Cunha recebeu de Wesley, foi à linha de fundo e cruzou para Fernando Gaúcho, livre, empurrar para as redes. O Treze sentiu o golpe e perdeu seu poder de criação. O Santa Cruz melhorou muito na marcação e segurava qualquer tentativa de ataque do time paraibano.

Na frente o tricolor pernambucano buscava o empate que seria ótimo pelas circunstâncias. Aos 30 minutos, Eduardo Arroz teve a chance ao chutar cruzado, mas Lopes fez grande defesa. O Treze passou a valorizar o resultado, tocava mais a bola e retardava o recomeço da partida em laterais, faltas, tiro-de-meta. Até as bolas começaram a sumir.

O Santa seguiu em cima até que aos 34 minutos conseguiu o empate. Wesley cruzou, Thiago Cunha cabeceou e a bola sobrou para Fernando Gaúcho que tentou três vezes até empurrar para as redes. Nos minutos finais o Santa quase vira o jogo. Aos 46 minutos, Wesley deixou Dutra cara a cara com Lopes, o lateral chutou forte e o goleiro fez defesa espetacular garantindo o empate.

Três minutos depois o árbitro encerrou o jogo. Deixou o acesso mais perto. Tanto a torcida como o time do Santa comemorou o empate. O Treze lamentou não ter segurado a vitória e sabe da dificuldade que vai encontrar no Arruda. Foi um empate com sabor de vitória para o Santa Cruz.

Ficha do Jogo

Treze: Lopes; Ferreira(Tigrão), Anderson, Cenedesi e Cleiton Cearense(Fernando Pires); Fabio, Roberto, Celico(André Lima) e Doda; Cléo e Warley . Técnico: Marcelo Vilar

Santa Cruz: Tiago Cardoso; Everton Sena (Eduardo Arroz), Leandro Souza e André Oliveira; Memo, Chicão, Natan (Bismarck), Wesley e Dutra; Ludemar(Fernando Gaúcho) e Thiago Cunha.   Técnico: Zé Teodoro

Gols: Doda, Cenedesis e Tigrão (Treze); Thiago Cunha e Fernando Gaúcho (Santa Cruz)

Árbitro: Sálvio Spínola (FIFA-SP)   Assistentes: Alessandro Rocha de Matos (FIFA-BA) e Lourival Cândido das Flores (RN)

Cartão Amarelo: Everton Sena (Santa Cruz) e Fábio Oliveira (Treze)

Anúncios

Entry filed under: Ah é Pernambuco!, Futebol Nacional. Tags: , , , , , , .

Imagens de Náutico x Icasa Gols de Treze/PB 3 x 3 Santa Cruz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


RSS


Acompanhe o Goleada PE!

Siga o Goleada PE no Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Apoio

Blog filiado a ACDP

outubro 2011
D S T Q Q S S
« set   nov »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

%d blogueiros gostam disto: